Você já parou para pensar nos números de automatização do processo de unidose no hospital?

Você já parou para pensar nos números de automatização do processo de unidose no hospital?

É sempre muito útil e importante, conhecer os números gerais do processo de unitarização de doses do hospital.  Levando em consideração essa informação, as máquinas da Opuspac em sua maioria, trabalham com o seguinte rendimento:

RENDIMENTO DE TEMPO = TEMPO TRABALHO / TEMPO TOTAL DE MÁQUINA LIGADA = aproximadamente 25%. Diferente do rendimento de utilização de embalagens: RENDIMENTO DE UTILIZAÇÃO DE EMBALAGENS = EMBALAGENS ÚTEIS / EMBALAGENS GASTOS = aproximadamente 96%.

O rendimento de tempo é baixo, pois em hospitais com 200 leitos, normalmente existe um operador que executa todas as tarefas, através da estratégia denominada de saturação desse operador, onde está ocupado 100% do tempo e a máquina em espera. Suas outras tarefas são: buscar a ordem de unitarização, recolher os medicamentos do estoque, removê-los de suas caixas originais, acrescentar todos os suprimentos necessários, retirar o produto da máquina, colocá-los em sacolas, rotular e levar para guardar no armazém.

Quando falamos da máquina de unitarização da Opuspac OPUS 30X que trabalha com o disco que o operador deve colocar a dose em cada uma das divisões do disco, unitarizando blister cortado ou ampolas, trabalha a 2600 unidades por hora. Esta mesma máquina quando trabalha com um alimentador automático de blister cortado, dispensa que o operador recarregue os blister por unidade, pode receber até 400 blister e trabalhar sem assistência, sua velocidade pode ser de 1200 a 1800 doses por hora.

Então, ao trabalhar com um sistema integrado de cortador de blister e mais uma unitarizadora, a velocidade pode variar de 1100 a 1600 unidades por hora, trabalhando de forma automática.

A Opuspac faz projetos para grandes instalações, não utiliza mais a estratégia de saturação do operador, mas aplica a de saturação da máquina. Nestes casos a máquina não para e o operador espera, assim pode-se alcançar rendimentos de 80% do tempo da máquina, sempre que todo trabalho adicional seja realizado por outro operador.

Quanto a unitarização de medicamentos líquidos orais (xaropes) pode utilizar a máquina MK3 Opuspac, a velocidade normal é de 1200 unidades por hora.

E para etiquetar as ampolas, pode utilizar a máquina Opus Flag que a velocidade desse processo é de 2200 unidades por hora. E ao imprimir textos e códigos de barras em materiais a velocidade é superior a 3000 unidades por hora, dependendo do operador.

A Opuspac realiza projetos de unitarização para os clientes com plantas grandes e pequenas, entregando recomendações pontuais para melhorar o rendimento dos processos.

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta