Sabia que é possível reduzir os custos no hospital através da unitarização dos medicamentos e identificação dos mats e meds?

Sabia que é possível reduzir os custos no hospital através da unitarização dos medicamentos e identificação dos mats e meds?

Existem materiais que são necessários converter em unidades e identificá-los, como por exemplo, os bisturis e outros que já estão unitarizados, sendo apenas necessário acrescentar um código de identificação apropriado.

Caso esse material tenha um código de barras, talvez não seja necessário colocar outro código. Em alguns casos, é necessário incluir um código mais completo, com número de lote, data de vencimento e até um número serial para melhor rastreabilidade.

Por que necessitamos de um código? Porque é conveniente usar este código para carregamento das informações diretamente na conta de cada paciente. Assim, identificar o produto entregue, tem melhor justificativa com a seguradora de saúde.

Enviar o custo destes produtos para “Despesas Gerais” não é a melhor gestão. Uma boa gestão está em identificar o destino de cada produto e acrescentar na conta do paciente, assim os custos terão maior precisão e o faturamento será correto.

Alguns produtos podem ser acondicionados em sacos plásticos e etiquetados com nome e código. Não é a solução mais barata para produtos volumosos, e outra solução seria colar etiquetas nos produtos. Mas, além do custo das etiquetas, deve ser considerado o custo do processo de identificação.

A Opuspac tem uma solução que faz até 4.000 itens por hora, com pouco esforço e sem etiqueta. A Opus Ink imprime diretamente no material médico, o custo da tinta é depreciável, pois a duração do tinteiro é de vários meses, a tinta é a base de álcool o que dispensa certos cuidados especiais com toxicidade e mal cheiro no ambiente. A mudança de ajuste da máquina (tempo de set-up) de um produto para outro é de apenas 2 a 5 segundos.

Opus Ink

As seguradoras de saúde continuam pressionando com questionamentos (glosas) para evitar o pagamento de custos que não estejam devidamente justificados pelos hospitais.

Então, manter os materiais com código serial permite um controle confiável para incluir as despesas na conta de cada paciente e assim justificar adequadamente cada gasto e assim, o hospital poderá recuperar os valores correspondentes às respectivas despesas.

Sistema Opuspac

Artigos Relacionados

Deixe uma resposta